_RogєЯ ßяαšιłєιяσ_

Joined KoGaMa on Jun 28, 2014
Bio

Podem me chamar de ''Roger the rapper'' ou ''Roger the brazilian''

Tenho uma descrição aki: http://kogama.com.br/profile/190689/

Muitos não entendem minha linguagem, Google Tradutor serve para isso!

¯̿¯¯¯̿̿)͇̿̿)̿̿̿̿ \̵͇̿̿\¯̿ǁ

O q tenho pra ti ---> t('-'t)

Um dos meu rapps favoritos:

Correria

Malandragem quer fumar, traficante quer vender...
bandido quer fugir, polícia quer prender.
Malandragem quer fumar, traficante quer vender...
bandido quer fugir, polícia quer prender.

Vacilou o bicho pega, deu vacilo o corpo cai,
pilantra, pilantra eu sei pra onde vai.
Não adianta nem chorar, pidi à Deus que te acuda
fez o mal na minha quebrada, agora é tarde não tem fuga.
O bandido morre cedo no ditado popular,
pagou pra ver, vai morrer agora o bicho vai pegar.
Descuidou levou um "teco" vai pro saco logo cedo,
e quem num nada a ver num sai na rua, andá com medo.
E quando sai é abordado pro um bandido bem armado,
aqui é minha quebrada vacilou virou finado.
Não é novela, ficção, também num é filme de ação,
bang-bang rola solto e sangue escorre pelo chão.
Malandragem quer fumar, traficando quer vender...
bandido quer fugir, polícia quer prender.
Não importa se é inocente, se é preto "desce o pau",
ser testemunha no momento, fudeu é funeral.
O tempo passa o povo cresce, o mundão ficou piqueno,
genocídio e racismo é o que está acontecendo.
PCS é a sigla, no vocal eu solto os bicho,
o Rap é a bola da vez, aprenda a conviver com isso.
Vida ou morte tenta a sorte não vacila escolha bem,
fica de boa, vida longa no mundo do crime acerta o além.

Refrão:
Malandragem quer fumar, traficante quer vender...
bandido quer fugir, polícia quer prender.
Malandragem quer fumar, traficante quer vender...
bandido quer fugir, polícia quer prender.

De quebrada pra quebrada, de esquina pra esquina,
o que eu vejo não é bom, a pura carnificina.
Se vou não sei se volto, se volto eu agradeço,
dos maluco da quebrada, não sobrou um terço.
Ferro na cintura, aqui não tem afeto,
descuidou fudeu, BOOM! Levou um "teco".
Hospital lotado, maluco baleado,
marca de pipoco no muro do colégio.
Puro vandalismo, orelhão está no chão,
Hoje tem camburão.
No asfalto aqui tem sangue,
Picharam o meu muro com a sigla de uma gangue.
Algumas dona se assanha quando vê um "quatro roda",
um batom preto na boca, o short socado no toba.
Quer tirar uma de onda,
te conheço vadia,
se você está de pé, Ram! Nem te dá estia
mas aê, deixe quieto é cada um no seu lugar,
se ascender o pavio, a bomba vai estourar...
a bomba vai estourar... a bomba vai estourar...

Refrão:
Malandragem quer fumar, traficante quer vender...
bandido quer fugir, polícia quer prender.
Malandragem quer fumar, traficante quer vender...
bandido quer fugir, polícia quer prender.

Todo dia eu peço paz, praqueles adultos,
como resposta escuto tiros, quase morro de susto.
sonhava em ser policial, pra trazer a paz,
mas descobri que eles são covardes, já não sonho mais.
Vejo os caras aqui, falam em até metê uns ganho,
vi um revolve na cintura de um cara do meu tamanho.
Um pique-pega na rua depois das oito não dá,
é hora de recolher se não minha mãe vai brigar.
Bala perdida é um perigo minha mãe me alerta,
mês passado os ladrão roubaram minha bicicleta.
Juntei latinha um mês, pra montar uma ascese,
as vezes sinto desgosto em morar aqui.
Bandido rouba quem tem, quem rouba pobre é mane,
bala de pobre é roupa velha sabe como é.
A cena que nunca muda muitas balas no pente,
não me escutaram eu vou pedir a paz, novamente!

Refrão:
Malandragem quer fumar, traficante quer vender...
bandido quer fugir, polícia quer prender.
Malandragem quer fumar, traficante quer vender...
bandido quer fugir, polícia quer prender.

Malandragem quer fumar do prensa do Paraguai,
tem bandido que fuma, e não sabe o que faz.
Da no pai, da mãe, pega a lombra com o irmão,
sai na rua muito doido e ainda diz que é bandidão.
O lombrado ta na rua, ta maluco muito louco,
(hoje eu vou toca o terror sou ladrão, sou bicho solto).
Traficante na esquina ta vendendo artefato,
viciando as criancinhas, moradores do meu bairro.
Vida boa ele quer, carro bom, e tava aqui,
quer ser o dono da quebrada, o bam-bam-bam, quem diria.
Tem polícia na quebrada, dando rolé na madruga,
Ele bate, dá pancada, dá sua farda, ele abusa.
Ele xinga, ele humilha, quer fuder com você,
Somos Pacificadores te alertando, pode crê!

Refrão:
Malandragem quer fumar, (pá-pá-pá-pá)...
bandido quer fugir, polícia quer prender.
Malandragem quer fumar, (pá-pá-pá-pá)...
bandido quer fugir, polícia quer prender.